Azul oferece plano de licença não remunerada aos tripulantes

By: Author Raul MarinhoPosted on
381Views29

Está circulando na ‘pilotosfera’ o comunicado abaixo reproduzido, em que a Azul oferece um plano de licença não remunerada aos tripulantes. Mas quem aceitaria tal proposta numa situação como a atual, em que as demais empresas não estão contratando, a aviação geral está encolhendo (lembrando que consumiu-se 17% menos AVGAS em 2015, quando comparado a 2014), e o mercado “terráqueo” está tão recessivo quanto o aeronáutico? Provavelmente, muito poucos, né? Talvez alguém em fase final de seleção para um emprego no exterior ou algo assim.

Dito isto, não é preciso ser bidu (putz, que expressão antiga!) para prever o que deve acontecer depois disso, precisa?

lnrazul

29 comments

  1. Voante
    1 ano ago

    Plano de licença não remunerada?

    Corre que é cilada Bino!

  2. Anonimo
    1 ano ago

    E algo muito usado no exterior, ironicamente, para se referir a pilotos que, recem-contratados por uma boa companhia aerea, ficam “se achando” por estarem voando “aviao grande”. Como houve muita contratacao de co-piloto com pouca experiencia pela Azul, acho q ele esta se referindo a isso. Da possibilidade desses caras irem para a rua.

    Se for o caso, acho a colocacao inoportuna. Estamos falando de pessoas q vao perder o emprego, de familias q vao perder o sustento e de portas fechadas por muitos anos. Nao e hora pra ironia, na minha opiniao. Ate porque as empresas estao todas no mesmo barco. Hoje foi a Azul, mas com certeza Tam e Gol estao planejando algo similar.

    Raul, acho q esse programa pode ter alguma adesao pelas mulheres (comissarias e pessoal de solo), e q tenham retornado de licenca maternidade, por exemplo. Mas para pilotos, acho dificil.

    Pelo numero de aeronaves q serao devolvidas, presumo q o target seja uma adesao de 10% do grupo de pilotos. E, pelos motivos que voce expos, acho q nao vai rolar. Portanto ha sim risco de demissao ate o fim do ano.

    Deixa eu te perguntar uma coisa, Raul: vc esta no SNA e deve ter uma ideia sobre isso. Segundo a clausula 3.1.2 da CCT, q fala das normas em caso de necessidade de reducao da forca de trabalho, SUPONDO q eu seja um cara q saiu de copiloto da Gol e tenha sido admitido de fast track na Azul no comeco de 2012. Entao sou comandante da Azul desde janeiro de 2012, por exemplo. E tem um cara q foi contratado em janeiro de 2011 pela Azul, como co-piloto, e foi promovido em janeiro de 2015 a comandante. Esse cara tem, portanto, 1 ano a mais de empresa, mas 3 anos a menos de comando (grosso modo, vou descontar o tempo de treinamento pra simplificar).

    Segundo a CCT, na clausula q citei, quem seria demitido antes? Eu ou ele? O caput diz q as demissoes serao por funcao, mas o item “d” diz que os menos antigos vao antes. No meu exemplo, exerco a funcao tem mais tempo, mas tenho menos tempo de empresa.

    Ha alguma doutrina / jurisprudencia sobre isso? Qual e a interpretacao do SNA?

    • Anonimo
      1 ano ago

      Sindrome do jato reluzente

    • saco cheio
      1 ano ago

      rsrsrsrsrs…
      já começou o “cada um por si”…
      categoria unida é outra coisa…

      • Anonimo
        1 ano ago

        Cara, entao ja q vc me criticou, compartilha entao qual e a sua sugestao. Eu contribuo com o SNA todo mes e acho minha pergunta razoavel. Pago justamente para q o sindicato defenda meus / nossos interesses quando for necessario. Agora, se vce tem uma proposta melhor para os aeronautas e q seja economicamente viavel para as empresas, por que voce nao divide no blog?

        Por mais q eu concorde com o seu comentario quanto a uniao da categoria, eu detesto essa hipocrisia. Ate parece que voce nao sabe comomo mundo funciona. Esse tipo de idealismo de “vamos nos unir” NAO COLA no Brasil. E a mesmissima coisa da ideologia petista burra de “vamos acabar com o capitalismo”.

        Wake up and get real. Se voce tem uma proposta real, ilumine as empresas e os aeronautas com a solucao aos nossos problemas e divida sua ideia conosco.Agora, se for pra criticar por criticar e falar o obvio “categoria desunida”, ai eu te afirmo: a minha duvida e duvida de dezenas de pessoas. E o seu comentario, contribuiu com o q?

        • Vai vendo
          1 ano ago

          Kkkkkkkkkk

        • Marco Véio
          1 ano ago

          Cara, quer um pouco mais de “wake up and get my b…”?

          O SNA a esta altura esta mais preocupado com a queda de arrecadação que terá, com mais demissões.

          Aaaaaah! Mais uma para o seu mundo “real”:

          Desde o ano passado, já vem ocorrendo muitas demissões. Então esse papo de “já começou” na verdade, já começou faz tempo.

          Minha única dúvida agora é se aquela escola, famosa no interior de SP, vai parar de falar em mercado aquecido.

          • Leitor
            1 ano ago

            O sindicato vai fazer o que sempre faz….quer aparecer na foto e pronto….
            É só ver o que fizeram com os trip da web…
            O sindicato quer $$ e foto…só. Sempre foi.

          • Anonimo
            1 ano ago

            So you like men to get your …?!? Nao vou nem comentar o nivel da sua resposta.

            Se voce (e outros leitores) estao insatisfeitos com a situacao do SNA, se tem alguma ideia pra fazer funcionar melhor, POR QUE VOCES NAO FAZEM ALGUMA COISA? Filie-se, candidate-se, tome alguma atitude. Apontar o dedo e facil. Zuar os outros online e facil. Mas e tomar atitude ao inves de lamentar a propria sorte?

            Quanto a atuacao do SNA, deixo para o dono do blog comentar. Nao vou defender nem atacar, -mas so repito que minha pergunta nao e so minha: so na Azul tem um monte de gente nesse limbo, acho q em outras tambem. Mas acho q vcs tem outras preocupacoes mais nobres…

            • Raul Marinho
              1 ano ago

              Anonimo, o dono do blog entende que não vale a pena escrever sobre tal categoria de comentário… Segue o baile.

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      Em relação a:

      Segundo a clausula 3.1.2 da CCT, q fala das normas em caso de necessidade de reducao da forca de trabalho, SUPONDO q eu seja um cara q saiu de copiloto da Gol e tenha sido admitido de fast track na Azul no comeco de 2012. Entao sou comandante da Azul desde janeiro de 2012, por exemplo. E tem um cara q foi contratado em janeiro de 2011 pela Azul, como co-piloto, e foi promovido em janeiro de 2015 a comandante. Esse cara tem, portanto, 1 ano a mais de empresa, mas 3 anos a menos de comando (grosso modo, vou descontar o tempo de treinamento pra simplificar).

      Segundo a CCT, na clausula q citei, quem seria demitido antes? Eu ou ele? O caput diz q as demissoes serao por funcao, mas o item “d” diz que os menos antigos vao antes. No meu exemplo, exerco a funcao tem mais tempo, mas tenho menos tempo de empresa.

      Ha alguma doutrina / jurisprudencia sobre isso? Qual e a interpretacao do SNA?

      é o seguinte:

      O cmte que entrou em fast track depois de o copila (que fora promovido a comando posteriormente) deverá ser demitido primeiro. De acordo com o jurídico do SNA, é assim que os tribunais entendem a referida cláusula da CCT.

      • Anonimo
        1 ano ago

        Obrigado pela resposta Raul!

  3. Augusto Gentile
    1 ano ago

    Parece que quem não pegar a licença provisória vai pegar a definitiva.

  4. Van de Oliveira
    1 ano ago

    A grande verdade é que sem queres fazer politicagem, com esse Governo, estamos num trem ladeira abaixo sem freios e no final dos trilhos tem um precipício. Só Deus na causa, faremos nossa parte orando orando e crendo que dias melhores virão em nome de Jesus.

  5. Alexandre
    1 ano ago

    …e quando achamos que ja chegamos no fundo do poço…. Descobrimos q o buraco é mais embaixo

  6. Marco Véio
    1 ano ago

    Raul, você é muito pessimista!

    Rssssss

    Eu sei que não é hora de brincar, principalmente agora que tem muito “Aeronauta” que nem dorme mais. Haja ameaça à segurança.

  7. Leitor
    1 ano ago

    “Comunicado Azul”… Imagina se fosse vermelho!

  8. José
    1 ano ago

    Lacra no 13

  9. Vai vendo
    1 ano ago

    Esse anúncio vai esvaziar qquer tentativa de greve.
    Vamos ver a posição do sindicato agora….

  10. Filyp Lima
    1 ano ago

    Obrigado meu Brasil! Por afastar meu sonho da realidade cada dia um pouco mais. Exames médicos e habilitações vencendo todos os anos sem ao menos entrar num avião. Cada notícia relacionada a aviação no Brasil faz minha cabeça abaixar um pouco mais.

  11. Cleverson Fukuoka
    1 ano ago

    Quando você pensa que o fundo do poço chegou, opa, era falso, tem muito mais para baixo!!

    • Fred Mesquita
      1 ano ago

      A única notícia boa para um poço tão profundo que nunca acaba é a de que um dia seria possível chegar no Japão. Será que vai ter emprego lá para quem está bem no fundo desse poço ?

      • wilson
        1 ano ago

        kkkk boa!!!!

  12. Pilot
    1 ano ago

    Lembrando que no dia 17 tem reunião no TST sobre a questão salarial… Difícil isso não estar ligado a esse fato pra assustar um pouco o pessoal…

    • Raul Marinho
      1 ano ago

      Está e não está, na minha opinião…
      A LNR iria acontecer, de qualquer maneira. Mas poderia ocorrer daqui a uma semana, 15 dias (ou uma semana/15d atrás), então a data pode ter sido escolhida a dedo.

  13. Julio Petruchio
    1 ano ago

    A coisa está feia… Estamos vivendo “tempos bicudos”…
    E após essa fase, não sendo muito “bidu”, prevejo demissões.

  14. Gustavo
    1 ano ago

    É hoje que a sindrome do jato reluzente começa a desmoronar.

    • Marcel
      1 ano ago

      Perdoe minha ignorância, mas, o que é “Síndrome do jato reluzente”?

Deixe uma resposta