“The Truth About the Profession” – Das dificuldades da carreira de piloto nos EUA

By: Author Raul MarinhoPosted on
453Views3

Para quem quer saber como é a carreira de piloto nos EUA, que tem muito mais dificuldades do que os desavisados imaginam, recomendo este artigo recentemente publicado no portal AviMotive: “The Truth About the Profession“. Sim, concordo que, apesar de mal remunerado, pelo menos lá há mais possibilidades do que aqui em termos de empregabilidade atualmente; mas lendo o texto vocês verão que não é moleza ser piloto nos EUA. A propósito, é justamente por isso que o país está prestes a enfrentar uma crise de mão-de-obra na aviação, que já está impactando as companhias regionais.

Ah, e me antecipando aos comentários: para um piloto brasileiro poder trabalhar nos EUA, só com green card. Ou seja: obter as licenças e habilitações na FAA não é a maior dificuldade, o complicado mesmo é o visto de trabalho (um apanhado geral sobre isso, aqui).

3 comments

  1. Enderson Rafael
    2 anos ago

    As regras dos EUA pra emprego de pilotos extrangeiros são exatamente tão restritivas quanto as nossas.

  2. André Dias
    2 anos ago

    Enquanto os EUA dificultam a vida dos pilotos exigindo 1500 horas (o que até faz sentido, mas esta se mostrando um tiro no pé na prática), aqui no Brasil tem pilotos (?!) querendo implantar projeto de lei para dificultar a vida de outros pilotos… exigindo um diploma de CA.

  3. Tatiana Ortiz
    2 anos ago

    Acredito que a questão do piloto estrangeiro voar nos Estados Unidos extrapole a necessidade de convalidação das carteiras e green card. Uma aeronave pode ser considerada uma arma que pode ser voltada para eles mesmos, talvez seja um perigo genérico que eles identificam e já mitigam o risco, dificultando o ingresso.

Deixe uma resposta