O problema dos radares meteorológicos no Jornal da Globo

By: Author Raul MarinhoPosted on
290Views5

Ontem à noite, no Jornal da Globo, o William Waak confirmou a informação antecipada neste post: radares meteorológicos essenciais para a aviação estão mesmo sendo desligados por falta de verba – assista à reportagem aqui, que inclui depoimento do Humberto Branco, Vice-Presidente da APPA.

E não caiam nessa esparrela das autoridades aeronáuticas do Brasil, que estão a dizer que o país tem sua aviação entre as 4 mais seguras do mundo. O fato é que a ICAO realizou uma auditoria documental na ANAC no final do ano passado, e devido ao bom desempenho da Agência, houve esta boa classificação do Brasil. Parabéns para a ANAC, mas isso não é a mesma coisa que dizer que “o país tem sua aviação entre as 4 mais seguras do mundo”: ninguém da ICAO avaliou, por exemplo, este problema dos balões interferindo com aeronaves no espaço aéreo brasileiro.

 

5 comments

  1. Mariana Motta
    11 meses ago

    O sistema de agências reguladoras no país sempre foi falido… agora com o contigenciamento de despesas, só orando a Deus ou a outra entidade.

    • Raul Marinho
      11 meses ago

      Ok, só que no caso não é uma agência, e sim um departamento da FAB.

  2. Peço ao paraserpiloto que revogue os parabéns à ANAC, pois se há algo em que a ANAC supera qualquer outra agência reguladora do mundo, é na capacidade de criar normas só no papel.
    E como sabemos, o papel aceita tudo.
    Não só “ninguém da ICAO avaliou… este problema dos balões interferindo com aeronaves no espaço aéreo brasileiro”.
    A ICAO também não avaliou e desconhece a ilegalidade da presença de aeronaves experimentais voando sobre grandes centros como São Paulo, inclusive produzindo acidentes como recentemente.
    A ICAO também ainda não sabe da ilegalidade da certificação como LSA de TODAS as aeronaves experimentais pela ANAC, sem o cumprimento das normas ASTM como se vê no endereço http://www2.anac.gov.br/certificacao/AvGeral/ProcessoH03/ALE_LSA.pdf , QUE NÃO É UM LINK, E QUE SÓ ABRE NO iNTERNET EXPLORER, CADA VEZ MENOS POPULAR, PARA QUE ESSA TABELA FIQUE O MENOS DIVULGADA POSSÍVEL. (Típico das práticas não transparentes da ANAC).
    Tem que copiar o endereço acima e colar no Internet Explorer).

    • Ítalo
      11 meses ago

      Aqui abriu normalmente, como link, no Google Chrome.

  3. Julio Peteuchio
    11 meses ago

    Não tenho como confirmar se é verdade, mas recebi por WhatsApp:
    “Corre a informação, ainda não confirmada, que o DECEA está em situação crítica por conta de contingenciamento de verbas. Se nada acontecer, teriam (repito, teriam, ainda não confirmado) de desligar os radares de redundância. Aí mexe direto com segurança de tráfego”

Deixe uma resposta