Sobre o acidente com o PR-SOM

Sobre o acidente com o PR-SOM

By: Author Raul MarinhoPosted on
183Views8

Depois de tudo o que já se falou na imprensa e nas redes sociais sobre o acidente com o King Air C-90 PR-SOM que se acidentou na semana passada com o ministro do STF Teori Zavascki; das muitas teorias conspiratórias, poucas opiniões sensatas, e recomendações para que se aguarde o resultado das investigações (mais raras e sensatas ainda); só tenho uma coisa a acrescentar: que se ouça com atenção a letra desta música da Beth Carvalho – “A chuva cai“:

A chuva cai la fora
Você vai se molhar
Já lhe pedi, não vai embora
Espere o tempo melhorar
Ate a própria natureza,
Está pedindo pra você ficar

Atenda o apelo desse alguém que lhe adora
Espere um pouco
Não vá agora

Você ficando vai fazer feliz um coração
Que esta cansado de sofrer desilusão

Espero que a natureza
Faça você mudar de opinião

8 comments

  1. Beto Arcaro
    1 mês ago

    Toda opinião generalizante, determinista, tende à demonstrar um profundo “desconhecimento de causa” de quem o faz.
    Aeronave executiva caiu ?
    Ah ! Foi pressão do Patrão !
    A Aviação Geral está cheia de pilotos peladeiros mesmo !
    Enfim, muitas coisas pré concebidas, por gente que não voa em Paraty e que não conhecia o Cmte. Mazinho.
    Eu não sei se é mais fácil generalizar, do que tentar entender e se conscientizar…
    Nosso País, passa por um período no qual, defesas de pontos de vista, têm sido feitas de forma extremamente passional.
    Simples conversas técnicas, têm se transformado, muito rapidamente, em “briga de torcida”, com o total abandono do raciocínio lógico.
    Raul, a letra do samba da Beth Carvalho é muito legal.
    Reflete a consciência situacional que todos devemos ter.
    Devemos, mas como seres humanos, nem sempre temos.
    Acho que eu já cansei de falar sobre os “dois” acidentes fatais de Paraty. (O do Locatelli não conta, foi longe do Aeroporto)
    Como amante do Rock Progressivo, achei uma música do Yes que reflete muito bem o que eu penso sobre tudo isso.
    Lá vai ela, com “lyrics” e tudo:

    https://www.youtube.com/watch?v=OeVgcIFEh3I

    Yes – It can happen

    You can fool yourself
    You can cheat until you’re blind
    You can cut your heart
    It can happen

    You can mend the wires
    You can feed the soul apart
    You reach
    It can happen to you
    It can happen to me
    It can happen to everyone eventually

    It’s a constant fight
    A constant fight
    You’re pushing the needle to the red
    Black and white
    Who knows who’s right
    No substitute you’re born you’re dead
    Fly by night
    Created out of fantasy
    Our destinations call

    Look up – look down
    Look out – look around
    Look up – look down
    There’s a crazy world outside
    We’re not about to lose our pride

    It can happen to you
    It can happen to me
    It can happen to everyone eventually

    As you happen to say
    It can happen today
    As it happens
    It happens in every way

    This world I like
    We architects of life
    A song a sigh
    Developing words that linger
    Through fields of green through open eyes
    This for us to see

    Look up – look down
    Look out – look around
    So look up – look down
    There’s a crazy world outside
    We’re not about to lose our pride

    It can happen to you
    It can happen to me
    It can happen to everyone eventually

    As you happen to say
    It can happen today
    As it happens
    It happens in every way

    As you happen to see
    It will happen to be
    Nothing happens to nowhere and nowhere

    Solo

    Look up – look down
    There’s a crazy world outside
    We’re not about to lose our pride

    It can happen to you
    It can happen to me
    It can happen to everyone eventually

    As you happen to see
    It will happen to be
    Nothing happens to nowhere and nowhere

    You can fool yourself
    You can cheat until you’re blind
    You can cut your heart

    You can fool yourself
    It can happen to you
    You can cheat until you’re blind
    It can happen to me

    You can cut your heart
    It can happen to everyone eventually

    As you happen to say
    It can happen today
    As it happens
    It happens in every way

    You can mend the wires
    You can feed the soul apart
    You can touch your life
    You can bring your soul alive
    It can happen to you
    It can happen to me
    It can happen to everyone eventually

    As you happen to say
    It can happen today
    As it happens
    It happens in every way

  2. JOSE PAULO ROCHA BRANDAO
    3 meses ago

    A verdade é que na aviação geral, a grande maioria n nega um voo ou alterna por conta da condições climáticas, ainda que sem copiloto para um auxílio.
    isto é chegando no AD de destino, n há quem alterne ou executam o procedimento de arremetida já em um limite de risco alto da descida. é a verdade.
    e está disseminado culturalmente nos pilotos brasileiros, orgulho, egoísmo e muita soberba embora muita habilidade na pilotagem.

  3. Milton
    3 meses ago

    Já ouvi tanta besteira sobre esse acidente, agora mostrar luzes do ALS é novidade para mim! :D Certo, ALS em Parati. Deve ter também PAPI, ILS Cat III, RNAV, IAC (de precisão) e SID. Bom, IAC Mandrake até que tem!

    Como se pousar um King numa pista de 700m fosse a coisa mais fácil do mundo, mesmo CAVOK. Imagina em condições adversas. Até a pistinha de Biritiba-Mirim é maior.

    Já circulou até boato de que a torre de controle (????) de Parati teria contribuído para o acidente. A FAB teve que desmentir!

    O saco desses acidentes com político é a infinidade de boatos e teorias de conspiração que aparecem. Mas a verdade é mais simples, e mais melancólica. O litoral é um cemitério de aeronaves. Começa por conta de sua infraestrutura precária e seu relevo e meteorologia hostis, junte a isso a cultura do “vai ou racha”, muito difundida no transporte executivo, e a receita do desastre está completa.

    O que talvez falte é um pouco mais de informação de qualidade para o público leigo, mas esperar isso da nossa imprensa é pedir demais. Nessas horas piloto sofre com a quantidade de asneiras que tem que escutar. E o povo acredita em qualquer teoria “Arquivo-X” que circula pela internet.

    Há cerca de 1 ano outro King (PPLMM) também se acidentou na região. Bom, se pesquisar, são inúmeros os acidentes de aeronaves executivas no litoral.

    Tudo que podemos fazer é aguardar a investigação. Pessoalmente, aposto 100 contra 1 que foi visumento. Atentado? Possível, mas a hipótese de visumento é MUITO mais plausível.

    Pior é o povo que já está dizendo que a investigação será viciada por interesses políticos, e que portanto a divulgação de desastre acidental será apenas parte da conspiração. Oh, dó.

    • Zé Maria
      3 meses ago

      Corroborando com o que o Milton disse e acrescentando:
      Forçou a barra num visumento prá lá de restrito, procedimento GPS “mandrake”, que todo mundo conhece e usa para chegar ao destino que só opera VFR quando o “bicho pega”, afinal ele era “especialista” em pousar em Paraty, conforme os próprios colegas de Marte afirmaram, inclusive com foto de palestra sobre o assunto sendo ministrada por ele.
      Desceu até a “MDA” macete e “só mais um pouquinho”, sentiu o tamanho da bucha e arremeteu em curva, como sempre se faz, só que dessa vez estava tão baixo que ao curvar tocou a água. . .clássico caso de CFIT.

    • Chumbrega
      3 meses ago

      Concordo em 100%. Não há script mais clássico para acidente com aviação executiva no Brasil do que este: avião bom, pista sem procedimento IFR e um mix de CFIT com LOC-I. O único senão que eu faço sobre o comentário do Milton é o seguinte: basta ver os ultimos relatórios do CENIPA para ver muito julgamento de valor, pouca coisa técnica e, principalmente, o CENIPA optando pelo “caminho fácil” de interromper uma investigação quando lhe convém (vide PR-AVG). Ora, então presumindo que o piloto carregando o Ministro entrou em IMC sob regras VFR, sabendo dessa condição, não há porque investigar.
      Já fui fã do CENIPA, hoje em dia já torço para o surgimento de um NTSB Brasileiro.

      • Milton
        3 meses ago

        Li o RF do PRAVG e não vi juízo de valor. Foi estabelecido o funcionamento correto da aeronave (motores e comandos) antes do impacto, e o CVR comprovou que os pilotos tentaram fazer uma decolagem totalmente fora dos padrões, resultando em estol e queda. Se o acidente tivesse ocorrido com procedimentos realizados dentro dos regulamentos, com certeza a investigação teria sido aprofundada. Mas neste caso, realmente, não havia mais o que apurar.

        O acidente do PRSOM ainda está sob investigação e não há uma presunção, apenas uma forte suspeita de IIMC, que parece mais forte agora que já desgravaram o CVR e o piloto afirmou que enfrentava restrições de visibilidade, porém nenhum problema técnico na aeronave. Independente disso, a aeronave foi içada com muitos cuidados para se preservar ao máximo as evidências. Pelo menos até agora não posso criticar o trabalho do CENIPA.

        Abraço!

  4. Savio Montenegro Zamboni
    3 meses ago

    Boa tarde,hoje na Record inclusive mostrou uma Aproximação,onde apareceu as Rwy Approaching Lights,e o repórter falou que era a Pista de Paraty,e muito falatório,e ninguém sabe nada,ou sem nenhum conhecimento do assunto,assim,vamos deixar as evidencias aparecerem para depois tomar as conclusões,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Deixe uma resposta